Notícias

23/10/2018 - Notícia

General Hamilton Mourão responde a mais uma mentira divulgada por Haddad

Nesta terça-feira (23), repercutiu na rede a fala do cantor Geraldo Azevedo, que acusou o General Hamilton Mourão, nosso candidato à vice-presidência, de tê-lo torturado durante o Governo Militar. O equívoco do artista não foi perdoado pelos internautas, que lembraram que Mourão era apenas um adolescente quando Azevedo foi preso.

A fake news, espalhada para denegrir a imagem da chapa Bolsonaro x Mourão, foi  divulgada pelo candidato do PT, Fernando Haddad, que usou a declaração do cantor para atacar o General durante o Programa Roda Viva, da TV Cultura, ontem. Na manhã de hoje, em sabatina do Jornal O Globo, o petista voltou a insultar nosso vice-candidato. Segundo o Jornal Estadão, ao saber do engano, Haddad se negou a reconhecer ter disseminado uma fake news. 

Ciente das acusações do petista, Mourão gravou um vídeo em resposta.
“Em 1969, eu tinha de 15 a 16 anos de idade, cursava o primeiro ano do segundo grau e era interno do Colégio Militar de Porto Alegre”, ressaltou, tornando ainda mais evidente o falso-testemunho que originou os ataques.

Nosso General fez uma dura crítica à irresponsabilidade de Haddad no caso.
“Vejam o grau de mentira, de estupidez e de incoerência… Como pode o senhor querer governar o nosso país, se não consegue discernir a verdade da mentira?”, questionou, acrescentando que “a mentira faz parte da vida” do petista.

Assista à fala de Mourão, postada nas redes sociais na tarde de hoje.