Notícias

11/09/2018 - Notícia

Flávio Bolsonaro condena tratamento dos veículos de comunicação ao pai

O deputado estadual Flávio Bolsonaro (PSL), que concorre ao Senado nestas eleições, mostrou sua indignação contra o discurso da grande mídia a respeito do pai, Jair Bolsonaro, ferido à faca gravemente na última semana.
 
Em entrevista, Flávio falou sobre o papel que a mídia exerce há tempos, no sentido de fortalecer os estereótipos de “misógino, homofóbico e racista” que são usados para justificar o inaceitável. O deputado alertou que tal representação, de homem preconceituoso, que os jornais insistem em atribuir a Bolsonaro contribuiu diretamente para que ele sofresse o ataque do dia 06/09.
 
Ainda segundo Flávio, o autor do atentado o fez por não conhecer, na verdade, Bolsonaro.
"Eu quero fazer uma crítica à grande mídia. Parem de insistir com esses rótulos com ele. Ficam insistindo nessa mentira que ele é homofóbico, que ele é racista, que ele não gosta de mulher. Ele não é nada disso! Vocês podem estar influenciando pessoas a praticarem esse tipo de ato contra ele. Ninguém aguenta mais essa palhaçada", desabafou.
 
Assista ao trecho da entrevista em que ele defende a figura do pai e compreenda como a narrativa atual da grande mídia sobre Bolsonaro influiu para que Adélio Bispo de Oliveira, o autor do atentado, justificasse sua atitude criminosa.